Intervenção sobre as Funções Sociais do Estado

Vale a pena ouvir os primeiros quatro ou cinco minutos da intervenção de Heloísa Apolónia proferida na Assembleia da República a 21 de Fevereiro de 2013 no âmbito da interpelação ao Governo sobre as Funções Sociais do Estado.

“Perguntar-nos-ão então: mas não há despesa do Estado que seja verdadeiro desperdício? (…) Há despesa má, ilegítima e não devida. Por exemplo quando o país paga em três anos mais de 20 mil milhões de euros em juros pela dívida pública (…) Se nós pagássemos a taxa de juro que o Banco Central Europeu cobra à banca comercial só pagaríamos no mesmo período uma quantia que não chegaria aos 5 mil milhões de euros. Pouparíamos pois mais de 15 mil milhões de euros.”

E vale a pena também perguntar o que andaram a fazer todos os deputados e políticos em geral que permitiram o endividamento do país a estes níveis insustentáveis, Heloísa Apolónia incluída.

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s